domingo, 6 de novembro de 2011

REDES POPULARES

É curioso, muito curioso os grupos de populares de toda idade, gênero, profissão e estatus que há meses se reunem nas significativas praças das capitais e cidades das nações do mundo.
Tenho seguido esses grupos pelas informações e comentários de todo tipo e gosto. Chamo, para ser mais moderno, esses grupo de redes. Mas também , porque rede dá o conhecimento abrangente de engajamento de pequenos grupos que se unem por motivos parecidos e desejos semelhantes e jusutificados, quando se pensa o que se passa nesse mundo que nos sufoca , mesmo no enigmâtico prazer atual.
  Além de ler esse fenômeno social também participei de um grupo de 67 cidadãos de Sete Lagoas, espontanemente organizados na praça Tiradentes e , com faixas, apitos e gritos de protestos, prossegiram pela avenida Monsenhor Messias até a frente da Prefeitura da cidade para lá desabafar o que está na mente, no coração e na alma desse grupo representativo.
Sou testemunha dos grupos mundiais dos indignados do mundo de hoje governado por políticos e grupos de empreendedores e executivos de bancos e empresas .
Estes grupos que denomino de Redes, como o grupo do qual participei duas vezes, não tém líderes que comandam. Tudo se organiza por consenso e diálogo entre os pares de toda idade, profissão, classes. Estas redes de cidadãos , mais uma vez, mostram que a população consciente sabe organizar-se e sabe fazer melhor a administração das cidades que os atuais governantes que somente governam por se mesmos e pelos ricos e poderosos.
   Sete Lagoas , Minas e Brasil deve se organizar em redes para não deixar os falsos políticos governas as cidades em nome do povo engananado, traído e massificado.
  Está na hora de reiniciar essas redes, pois as eleições 2012 estão ai e os grupos do poder já iniciaram suas orgias, na espera de coninuar no conto do viagário.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

ME MUNDO É GENTE

Os formadores de opinião pregaram durante todo o dia que o planeta Terra, no dia 31 de outubro, conseguiu gerar 7 bilhões de habitantes.

Você acredita?

Quem os contou?

Essas informações são como todas as que publicam as agências cooptadas pelos donos do planeta, os poucos ricos dos poucos bancos que constam e cantam forte na FMI e no Federal Reserve; Para esses dominantes que decidem, também nesse mesmo dia, votar contra a admissão de Palestina na Assembléia Geral da Unesco e por ter perdido no teatro domocrático, decidiram deixar de pagar a oarcentagem comprometida como membros da Unesco. Por ser ricos e poderosos ninguém chama a esses senhores de caloteros, ladrões, invasores e assassinos. Claro são eles que criam as leis para os outros cumpirem ou...

Meu mundo é gente. Sou eu tal qual sou e posso ser. È você,São os outros que se relacionam comigo.

Meu mundo é formado  por relações pessoais, comunitárias normais, efetivas e também afetivas, claro.

Meu mundo é algo quente, que sente, que pensa, que eswcolhe, que respeita e se responsabiliza na comunhão criada pela relação humana em toda atividade humana.
Meu mundo é o prazer de ver o sol nascer todo dia e de saber que sempre será assim.
Meu mundo é esperanza de viver a festa constante da vida de todo dia.
Meu mundo é conteúdo, é qualidade .
Meu mundo somos todos mãos dadas avançando no amor , feito delicadezas.
Meu mundo existe, mesmo quando nada existe.
Meu mundo é ser- tão- eu sempre.
Meu mundo   é viver sem medo
Meu mundo é coragem;

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

QUEM VIVE SE MOVE

O refrão, como sempre, mostra a sabedoria popular

Sabedoria emergente da alma coletiva dum povo.

Pertenço a vários povos. Sou mestiço mesmo.

Veredas Sete Lagoas voltou, porque estou vivo.

Caminhando.

Continuo no movimento da vida no leque das muitas veredas

Atávicas, antigas, modernas,atuais, futuras, superadas...

Ando devagar numa vereda atual, pontual, culta, vital.

Os donos do poder social abafam com miragens as belas paragens amorosas

Da vereda atual.

Ser atual é ser eu mesmo e saber que estou fazendo o que penso e sou..

Quem julgou já morreu. Estou vivo, porque não julgo: penso, contemplo

Admiro as belezas da vida vivida , sentida, querida e repartida.

Na vereda atual encontro amigos que me acompanham. Poucos.

Os amigos sempre foram poucos.

A beleza está na qualidade, jamais na quantidade.

Na minha vereda sempre estou em relação. Ação religada, dada, abastada,

Compartilhada.

Vamos juntos?

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Lembrete: Jorge Solivellas convidou você para entrar no Facebook...

facebook
Olá,
Jorge quer ser seu amigo no Facebook. Não importa a distância entre você e seus amigos e familiares, o Facebook pode ajudar vocês a se manterem conectados.
Outras pessoas solicitaram sua amizade no Facebook. Aceite este convite para visualizar suas solicitações de amizade anteriores.
Jorge Solivellas
28 amigos · 2 mensagens do mural · 1 grupo
Aceitar convite
Ir para o Facebook
A mensagem foi enviada para jorge.solivellas.cemper@blogger.com. Se você não deseja mais receber estes emails do Facebook ou não quer ter este email usado para receber sugestões de amigos, você pode cancelar inscrição. Facebook, Inc. P.O. Box 10005, Palo Alto, CA 94303

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

PROVAS NO SONHOS

QUE SIGNIFICARÁ SONHAR QUE ESTOU SENDO AVALIADO POR PROVAS ESCOLARES?

MUITO SE ESCREVEU E AINDA SE ESCREVERÁ SOBRE OS SONHOS DA GENTE.É UM ASSUNTO QUE RENDE MUITO E RENDE MUITO MAIS DINHEIRO PARA OS GURUS QUE SE APRESENTAM COMO DIVAS DE DELFOS.

LI MUITO SOBRE ESSA MATÉRIA, MAS PARA FINS PEDAGÓGICOS QUE PARA INTÉRPRETE, POIS AINDA TENHO UM POUCO DE MATERIAL CINZENTO EQUILIBRADO.

ME INTERESSE POR ESCREVER E INTERPRETAR MEU PRÓPRIO SONHO DESTA NOITE É QUE, COMO PROFESSOR DURANTE TANTOS ANOS, SEMPRE FUI  CONTRA AS AVALIAÇÕES PROGRAMÁTICAS DOS MEUS ALUNOS E ESTES NUNCA SENTIRAM FALTA DESSAS SÁDICAS PROVAS PARA SUA VIDA PROFISSIONAL DE SUCESSO, E, ALIÁS A LDBEN-9394/94, ESTÁ ME APOIANDO DESSA PRÁTICA FLEXÍVEL.

ESTES ÚLTIMOS DIAS RECEBI MUITOS ARTIGOS DE AMIGOS SOBRE EDUCAÇÃO NO BRASIL E TODOS PEDIAM COMENTÁRIOS QUE, AGORA, APROVEITANDO O ESTRANHO SONHO VOU RESUMIR AS RESPOSTAS AOS TRABALHOS CIENTÍFICOS DOS COLEGAS BRASILEIROS QUE ESCREVEM EM RENOMADOS BLOGS E REVISTAS NACIONAIS.

NO SONHO, PESSOAS EXQUISITAS GRAVAVAM NOS MEUS BRAÇOS UMOS QUADRINHOS, REPLETOS DE MINÚSCULOS CÍRCULOS E DE QUADRADOS DO TAMANHO IDÉNTICO E COM O MESMO CONTEÚDO. EU NADA ENTENDIA. PENSAVA, COMIGO MESMO,: ESTOU FODIDO! NÃO ENTENDO NADA DE NADA.MAS AS PESSOAS EXQUISITAS ME INCENTIVAVAM MOSTRANDO QUE TINHA ACERTADO TODAS AS PERGUNTAS OU HIEROGLÍFICOS COLADOS NOS BRAÇOS. AI EU ME DIZIA: JORGE, VOCÊ É TALENTOSO. FELIZ DA VIDA ME SENTIA UM FENÔMENO. A VIDA PROFISSIONAL ME SORRIA.O SUCESSO ERA CERTO E A FAMA MAIS.

ESTE SONHO, PARA MI, MOSTRA UMA PREOCUPAÇÃO PARA RESPONDER OS COMENTÁRIOS DOS TEXTOS DOS AMIGOS E, AO MESMO, TEMPO AFIRMAÇÃO DE QUE PROVA NÃO PROVA NADA. É O INÚTIL SUPLÍCIO DE TÁNTALO OU O TORMENTO DE IDIOTAS.

SE O CARLOS JUNG TEM RAZÃO O SONHO ERA PREOCUPAÇÃO PELA EDUCAÇÃO BRASILEIRA E QUE AS AVALIAÇÕES FEITAS ATÉ HOJE, DURANTE DÉCADAS, SÃO INUTILIDADES DOS DOUTORES ACADÊMICOS DE SIÃO, SEGUNDO O REALISTA MACHADO DA ASSIS.

AMIGOS , HÁ CINQUENTA ANOS QUE SE ESCREVE E SE FALA QUASE O MESMO SOBRE EDUCAÇÃO BRASILEIRA. SE MOSTRAM DADOS E MAIS DADOS SOBRE REPETÊNCIA, ABANDONO, PROFESSORES SEM PREPARAÇÃO E MAL PAGOS- QUE PARA MIM SÃO BEM PAGOS, POIS NADA PRODUZEM- NO SISTEMA QUE NOS CORROE QUEM NÃO PRODUZ SE ESTREPA.

TODO O MUNDO FALA MAL DA EDUCAÇÃO, ME PERDOEM, A EDUCAÇÃO É IGUAL PUTA. TODO O MUNDO FALA MAL DAS PUTAS, MAS TODOS FREQUENTAM ARDOROSOS SUAS ILUMINADAS CASAS. NADA SE FAZ PARA QUE ESSAS MULHERES DA VIDA MUNDEM DE VIDA DITA MELHOR.

EDUCAR NO BRASIL NUNCA FOI PROBLEMA. O PROBLEMA É QUE NUNCA, NEM NINGUÉM FEZ NADA EM CONCRETO PARA EDUCAR OS CIDADÃOS. NOSSA EDUCAÇÃO NÃO EXISTE PARA ENSINAR PORTUGUÉS, LÍNGUAS, MATEMÁTICA, HISTÓRIA, CIÊNCIAS, ETC. OS ETERNOS OLIGARCAS PASSADOS E PRESENTES USAM A EDUCAÇÃO COMO INSTRUMENTO EFICASÍSSIMO DE DOMAR O TALENTO DOS HABITANTES MESTIÇOS DO PAIS. DIZIA, MAQUIAVELO QUE DOMINAR IGNORANTES É MAIS FÁCIL QUE MANDAR A SÁBIOS OU SABIDOS..E O QUERIDO DARCY RIBEIRO, MINEIRO, PROFESSOR, ESCRITOR , POETA E POLÍTICO DIVULGAVA QUE A EDUCAÇÃO NO BRASIL NÃO ERA PROBLEMA , ERA PROJETO DE DOMINAÇÃO. MAS ERA VOTO VENCIDO. VOZ NO DESERTO DA SURDEZ DOS EMPRESÁRIOS E POLÍTICOS.

BASTA JÁ DE FALAR SOBRE EDUCAÇÃO. VAMOS DAR EXEMPLOS COERENTES E INTELIGENTES, COMO OS GRANDES MESTRES DA HISTÓRIA: GUIMARÃES ROSA; RAIMUNDO GONÇALVES FIGUEREDO, DAZINHO E O UNIVERSAL JESUS DE NAZARÉ.
OS FILHOS APREENDEM E CAMINHAR E A FALAR SEM IR AS AULAS. APREENDEM EM CASA COM OS CUIDADOS E ORIENTAÇÕES DOS PAIS E VIZINHOS.

BOM, COLEGAS AI VÃO MEUS COMENTÁRIOS E A INTERPRETAÇÃO SÓ DO SONHO DESSA POITE..

QUEM SABE FAZ.

sábado, 10 de setembro de 2011

TORRES GÊMEAS, O TITANIC, 2011



          EXISTE O PLANETA TERRA, PARTE DO CÕSMOS
  
AS NAÇÕES DO MUNDO , MERAS CONVENÇÕES.

          O MAPA DAS NAÇÕES MUDAM AO SABOR DOS HUMORES HUMANOS.

A ATE HOJE RECENTE PODEROSA NAÇÃO DAS INVASÕES

DOS PAÍSES TRADICIONAIS ÁRABES - MUSULMANOS- ISLÁMICOS,

TRATADA ERRONEAMENTE DE AMÉRICA E SOB BLASSÕES

DE ESTADOS UNIDOS FEDERADOS, PORÉM JAMAIS IRMANADOS,

ORGULHOSAMENTE, ESSES DIAS, RESURGE   DOS AGITADOS MARES

DE INOCENTES VÍTIMAS UNIVERSAIS SEPULTADAS NOS FUNDOS

DA COSMOPOLÍTICA CAPITAL DO CAPITAL DOS DÓLARES.

NO SILÊNCIO DOS FATOS SEMPRE HISTÓRICOS

O EMBLEMÂTICO E PREPOTENTE MODELO DOS NOVOS CÉSARES

AS TORRES, DITAS GÊMEAS, SOMENTE PELOS TRÁGICOS SUCESSOS

IGUAL O LUXUOSO TITANIC QUE NEM OS ONIPOTENTES DEUSES

AFUNDARIAM, BASTOU SOMENTE O DEUS  NATUREZA PARA OS RICOS

SEPULTAR E OS POBRES PODER SEMPRE CONFIAR NOS BENS..

          QUEM VENCEU O TITANIC, NOME TODOPODEROSO?

          A SÁBIA NATUREZA.

          QUEM DERROBOU AS TORRES GÊMEAS DA DITA CIDADE DA LIBERDADE?

          PELA RAZÃO HISTÓRICA ATÉ HOJE NINGUÉM SABE.

         SOMENTE OUVIMOS, VIMOS IMAGENS E ARGUMENTOS

 DOS PRÓPRIOS AMERICANOS ATÉ HOJE NUNCA COMPROVADOS .

          SEGUINDO O IMORTAL SÁBIO GUIMARÂES ROSA , DIGO; " SEI DE MUITAS

COISAS, MAS DESCONFIO DE TUDO".

          NOS TRÓPICOS TÃO CASTIGADOS E OPRIMIDOS PELOS AMERICANOS,

SETEMBRO É O MÊS DA PRIMAVERA, ONDE OS DIAS SÃO FLORES,

PERFUMES E AMORES.

         AS NAÇÕES PODEROSAS PODEM CONFIAR NO PODER DOS ORGULHOSOS,

AS NAÇÕES DOs TRÓPICOs OPTAMOS E PREFERIMOS SEMPRE AS FLORES. 






sábado, 23 de julho de 2011

CONFIO EM TI, OH MUNDO

Abrindo os informativos que me chegam em varias modalidades tecnológicas, como todos os dias , me entero dos acontecimentos históricos do meu mundo. Infelizmente o caos cósmico permanece firme, intransigente. Novos atentados terroristas no primer mundo, novas crises financeiras, novos milionários,
mais desemprego, mais fome na África, Ásia , no mundo. Novos ricos que compram num dia o que algumas famílias compram no ano. Escolas que ensinam falãcias aos violentos alunos. Indignados do mundo que caminham para encontros que definirão sobre como reergonizar esse maravilhoso mundo.
     Sim, apesar dessas realidades confio em ti, meu mundo!
     Confio porque hoje saiu o sol, como cada dia. O sol que nasce para todos . Para os que sofrem e para que gozam desse mundo de todos e que foi privatizado por exploradores sem escrúpulos.
    Confio em , meu mundo,porque tenho visto uma irmã cuidar do irmão doente.
    Confio em ti,oh. mundo porque veo um casal se unindo
     Confio, sim, porque hoje vi um filho dar dinheiro a seus idosos pais.
     Sim, a bondade é inata. O caos é criado.
     O medo será vencido, como sempre , pela coragem.
     Meu mundo, te amo!
    

sábado, 16 de julho de 2011

N O T Í C I A S L I X O A G U Ç A M A M E N T E

   Nosso Guimarães Rosa, no conto Darandina do livro Primeiras Estórias, como todo poeta, predice que " o populacho nunca é muito tolo por muito tempo".
 O filósofo europeu do século XX, Ortega y Gasset também previu a rebelião das massas deminadas  pela industrialização.
 Estes dias comprovamos, felizes, que a população reage, sim. E quando se decide imita a natureza rebentando pra valer.
  Os leitores do jornal mais lido da história foi derrubado pelo populacho que era nutrido pelas notícias falsas, criminosas e sensacionalistas. O populacho, como a natureza, se fartou e abandonou a fátua curiosidade estimulada pelos jornais lixo da sociedade consumista.
  O populacho condicionado pelas notícias lixo desse jornal, cujo nome não quero lembrar, transformou-se em povo, ou seja , em gente, cuja mente natural, quando livre, sabe discernir sabiamente o trigo do joio.
  Este fato, como a rebelião dos países árabes e a indignação dos jovens, adultos e idosos da Europa contra os governos que governam contra o povo indica, claramente, que, com paciência, a massa, o populacho, vilipendiado tantos anos pelos nossos polítiqueiros profissionais, despertou e exige a verdade ínsita em todas as realidades relativas desse mundo e dessa sociedade que nos mesmos criamos e que , agora queremos modificar para o bem de todos e não somente para o bem de poucos mandantes que abusam do poder que usurpam do povo , massa, mas que se torna já povo
  As notícias lixo dos poucos jornais de nossa terra, com paciência e sem perceber cooperam ao despartar das massas e a aguçar a mente sábia do populacho de cadia dia.
  `E so esperar e casos como os do famoso ex-jornal de Inglaterra repetiar-se- ão, já.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

O S A C A D Ê M I C O S D E S I Ã O

 O título desse texto, como seguramente, muitas pessoas esclarecidas já conhecem, é de uma das célebres e realistas obras de Machado de Assis, O imortal literato e critico felinho da sociedade carioca do século XIX, deixa os pseudo- intelectuais dos incipientes centros acadêmicos de calças na mão. Os acadêmicos de sempre, em geral, se colocam aos pés dos poderosos do reinoi para puxar infinitamente o que os poderosos nao sabem usar devidademente...O gozo do rico é  possuir bens, mesmo que sejam de metalão.
         A sociedade pós-industrial; pós- moderna; pós; ética; pós-dialogal, pós- pós -pós que se instalou no mundão que nos abana e balança, também abunda em acadêmicos de Sião.
          Vejam o fato social que occorre na Europa e no mundo, onde jovens e adultos se indignam dos políticos e com eles se indignam também dos jornalistas e professores ou especialistas, pois esses , de  modo latente, estão puxando o " saco" a todos os poderosos.
         Os indignados dom mundo se indignam com todos os que , de maneira descarada e gananciosa , defendem  o interesse individual , em vez do interesse coletivo. Defendem injustica, em vez da justiça.Defendem mortee, em ves de vida.
Colocam idéias arranjadas às mentes dos humanos , em vez de deixar a inteligência natural seguir suas belas descobertas que podem melhorar essa sociedade caótica.]
       Os meidos de comunicação são, hoje, o quarto poder./Eles conseguem movimentar a massa dominada e levá-la à encontros massivos, cujo sentido de o oba...oba...oba! Nada mais . Só não pode faltar o pagamento ou voitos, se se trata de puxar os políticos , sobretudo da direita camuflada.
       Os jornalistas se defendem com o sagrado direito da liberdade de expressão com o qual concordamos plenamente. Porém o engraçado, poir, o trágico é que esse direito sagrado só aparece para os poderosos ou celebridades que são notícias que favorecem o sistema.
       Quando será que a sociedade será fundamentada, de fato, no poder que vem da população toda e não somente do poder econômico, militar e de opinião arranjada para favoritismos?
      Os indignados do mundo se movimentam para que esse dia não demore mais, pois a sociedade está se afundando e nós com ela.
      Acorda povo!Todos nascemos para as alturas de liberdade que se conquista para todos.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

COM O DINHEIRO TOPAMOS, DOM QUIXOTE

No século XVI o Ingenioso Fidalgo dom Quixote  para indicar onde se encontrava o risco da nascente sociedade moderna, origem dos imperialismos e dos mercados globais, disse, de modo irónico: " Sancho com a igreja topamos" era de noite e, ao entrar no Taboso, detrás da formosa Dulcineia não enxergaram o enorme prédio do templo católico.
No século XXI o autor e inventor da novela realista para mostrar o risco do caótica sociedade que apenas sustentamos , Cervantes colocaria na boca do Quixote:" Sancho amigo, com o dinheiro topamos".
O real risco que corremos é o dinheiro com os devivados ditos naturais de juros, taxas, cartões, promissárias, créditos, débitos. Impostos, tarifas fiscais.Todos topamos com os bancos e financeiras. Ao acordar e olhar a caixa dos correios somente nos enteramos dos encargos financeiros e contas vencidas ou a vencer. O risco pós-moderno é o golpe dos bancos internacionais ha mais de 50 anos. O risco jamais foram as guerras, epidemias, drogas, desemprego, doenças, amantes, tsunamis, terremotos, etc. O risco está no dinheiro que cria , inventa e converte os cidadãos em crentes fiéis e devotos. O medo do inferno está em bater cabeça ao muro das dívidas, ao concreto da falta de capital. O resto, colegas é lorota e das grandes. 

sábado, 11 de junho de 2011

N A M O R O A LÉ M M E R C A D O

  

     OLHO  O ROSTO CONCENTRO DA AMADA,

     OS LONGOS E NEGROS CÍLIOS ESCONDEM

     A MIRADA DA FÊMEA CONCENTRADA NA PURA NADA.

     QUE TUDO, TODO SE TORNA. EXPERIMENTA!

     A VIVÊNCIA DE PENETRAR UM CORPO SELVAGEM

     ME LEVA À TEMPOS E ESPAÇOS DO PASSADO DE FERA.

     PRAZER TÃO FORTE, TÃO VIVO, TÂO LIMPO SÓ A LINGUAGUEM

     SE SUPERA COM RUGIDOS RÍTMICOS DA SINFONIA MAIS SAGRADA.

           SIM, AMANTES DO PRAZER DA VIDA QUE SEMPRE É FESTA

     AMAR, NAMORAR, RELACIONAR-SE NA PLENITUDE ATIVA E CRIADORA DO HOMEM

    PELAS VEREDAS VERDAJENTES DO ABRAÇO, DO BEIJO, DA CÔPULA

    E DA CRIAÇÃO

   JAMAIS PODERÁ SER ATO INSTIGADO PELA PODEROSA MÍDIA
 I
  DO MERCADO DO CONSUMO INVENTADO PELOS DONOS DA MOEDA.

  A CONTEMPLAÇÃO DOS QUE AMAM NUNCA ACABA, NEM ACABARÁ.

                                  O DIA DOS NAMORADOS NÃO TEM FIM.
      
                                                NO AMOR SÓ FELICIDADES







      

segunda-feira, 9 de maio de 2011

MAIO, MÊS DA LUZ

   
             A LUZ SEMPRE FESTEVA OS DIAS DA VIDA DA GENTE,
    MAS NO MÊS DE MAIO A LUZ SE INTENSIFICA.  TUDO FICA MASI CLARO.
    AO ABRIR OS OLHOS DE MANHÃ UMA LUZ MEIA AZULADA INVADE
    MEU QUARTO. INSCONCIENTE AINDA VIRO A CABEÇA PARA O CLARÃO
    QUE PENETRA SUAVE PELO PORTÃO E JANELA ANUNCIANDO O DIA MAIS ALEGRE.
    SE A LUZ ANIL DE MAIO É DIFERENTE CRIA SILENCIOSAMENTE UM NOVO MUNDO
    PÁRA GOZAR TANTA LUZ DADA DE GRAÇA PELO CRIADOR DO UNIVERSO CELESTE,
    TERRESTE.
     ESSA LUZ DE MAIO, ESPERANÇA DE NOVA VIDA QUERIDA REARMA OTIMISMO
    NA LUTA PARA AGRUPAR GENTE VIBRANTE POR SER DIFERENTE.
    SIM, CADA MANHÃ VEJO LUZ DIFERENTE, REFLEXO NUM NOVO TEMPO CERTO.
   
    
     

sexta-feira, 22 de abril de 2011

EU E O LIVRO

 
O gozo
            Dia 23 de abril de 2011 se comemorou, no ocidente, o Dia do Livro que se relaciona com o aniversário da morte de Miguel de Cervantes e de William Shakespeare, expoentes da literatura, da poesia, e da arte de criar. Este dia em Europa se costuma presentear as pessoas com rosas. O dia 23 também se celebra a festa de são Jorge, padroeiro de Catalunha, Barcelona, Inglaterra e muito devotado no Brasil e, também o dia do meu onomástico. Fantásticas referências históricas, bem simbólicas para aqueles que usam a cabeça para pensar uma vez na vida.
            Ademais este ano o Dia do Livro se relacionou com o Sábado Santo, símbolo histórico do renascer para a vida. Celebrar a Páscoa de Ressurreição significa gozar a vida comunitariamente e para sempre. Escrever e ler livros são atos penetrantes no gozo do conhecimento da realidade chamada mundo, berço da vida humana criativa de bens opostos.
            Tinha menos de dez anos e fui com minha mãe a capital de minha terra. A mãe perguntou-me qual presente queria ganhar. Respondi convicto que queria livros. Entramos na grande livraria Durán. Fiquei extasiado ao contemplar tantos livros grandes, bonitos, coloridos, grossos. Moços subindo curiosas escadas leves para colocar e organizar livros de todo tamanho.. Durante muito tempo fiquei no gozo da contemplação idílica, do amor tranqüilo, suave. A imaginação infantil fruía o fantástico universo.  Escolhi três livros grandes. Um de filosofia sobre o sentido da vida.. .Outro a vida de El Cid Campeador e o terceiro o romance O Entardecer . Chegado a casa durante muito tempo folheei cada página dos três livros.Sentia aquele perfume novo e único dum livro impresso. Apalpei o verso, reverso e entorno de cada um, de modo suave e até dando uns leves toques de carinho, demonstração da felicidade sentida.
            Em casa não existia estante para livros. Eu queria uma estante. Ia iniciar minha livraria particular. Fui a casa do tio António, que era construtor e pedi que me desse vários tijolos limpos. Com oito tijolos de barro iniciava minha coleção de livros que jamais acabou até hoje. Meu lazer pessoal é ler, escrever, comprar livros e vinhos.

Além de muitos estantes abarrotados de livros, encontram-se  exemplares nos criados mudos que deixaram de serem mudos, pois os livros me falam todo dia antes de dormir e ao acordar.Carrego livros no carro, na lotação , no avião, nas férias. Leo, risco, copio frases e pensamentos que me seduzem. Leo uns três livros, de vez,  e de vários assuntos:  filosofia,história, sociologia, política, romances, contos, poesias, críticas, crônicas esportivas, etc.
Leitura
            Ler um livro significa penetrar na intimidade do autor que escreve. Expressa uma convivência constante com o autor e as personagens que descreve ou os objetos que analisa. Com a leitura se dialoga com as personagens de todo caráter que são apresentados de modo humano. Com as letras do livro pode-se rir, gritar, chorar, gozar, dormir, sonhar outros mundos insuspeitados. O livro adorna a realidade relativa dos objetos existentes no mundo e as coisas e acontecimentos. O livro te abre ao universo. O livro aumenta o conhecimento mediante os novos conhecimentos de tantos homens e mulheres que inventam instrumentos e sucessos que enobrecem a humanidade, feita de pessoas ávidas por saber. O livro é fonte e origem da sabedoria.O livro é o amigo que está a toda hora ao seu dispor e de modo natural, gratuito, generoso e diferente. Um livro é como o amor. Ninguém consegue amar somente uma vez. Disse-se que o amor é para sempre. Do mesmo modo ninguém consegue ler um livro uma só vez. Um livro, quando se gosta dele, se lê muitas vezes. Muitas vezes mesmo e como o amor nunca é igual ao ato de amor anterior. A nova leitura do livro nunca é igual às outras leituras. A cada leitura se descobrem temas, pensamentos idéias diferentes e penetrantes..
            O livro é adorno de uma sala de casa ou de várias salas de casa. Conheço casas que são adornadas por estantes enormes e lindos repletos de livros de todo tamanho e gosto. Uma livraria é como o universo. È caixa de surpresas. Jorge Luis Borges, prêmio Nobel de literatura afirma que uma biblioteca é o labirinto do cosmos. Quem entra nesse labirinto somente sai realizado, feliz, livre, leve.
            Desde os primórdios das comunidades humanas se encontra o livro. Na gruta do Rei-do-Mato, em Sete Lagoas encontram-se pinturas e símbolos nas rochas. São as primeiras manifestações do livro. 4000 anos a.c. se acham livros em forma de tábuas, papiros, códices e , desde o século XV a imprensa modificou a forma do livro atual. A última forma do livro é a eletrônica, a digital.. O livro passa por muitas formas, mas sempre permanece. O livro se torna a grande realidade da humanidade. O livro é amado, muito amado, por isso é criado. O livro é odiado por aqueles seres ditos humanos que têm medo a verdade, a filosofia, a poesia, aos contos que colocam idéias novas. Só os ditadores queimam livros e fecham bibliotecas..
            Quando no golpe militar apoiado pela igreja oficial o exército invadiu o seminário São Pio X , as 2, 30 horas para me prender, carregou os livros que “eles consideravam subversivos”. Entre eles a encíclica Mater et Magister de João XXIII. Um prefeito aloprado da cidade jogou na lagoa Paulino toda a edição do jornal Gente Nova que editava cada semana e donde se diziam as verdades sobre todos os acontecimentos da região , de uma maneira objetiva, real..Esta realidade acontece ainda hoje, porém usando a violência simbólica, forma latente de eliminar e cooptar. . O livro e os jornais possuem tanta potência que os grandes grupos poderosos da cidade os usam para massificar e colocar idéias arranjadas nas mentes da população despreparada. E esses mesmos grupos usam textos apropriados para optarem os professores a repetirem as ideologias do poder hegemônico a fim de que os ricos se possam perpetuar no poder.
            O livro que está feito de palavras que são dardos de verdades é uma arma poderosa para mudar o modo de entender a sociedade e os grupos que a mantêm classista e desigual.
            O livro, a palavra escrita é o instrumento mais poderoso e eficaz jamais inventado pelos homens.
            O livro é rosa vermelha, símbolo da delicadeza e da difusão do perfume que se espalha por todas as partes. Eu sem livros não seria eu. Eu sou o que leo e escrevo.  

  

segunda-feira, 18 de abril de 2011

AÇÃO : FERMENTO E MASSA

           FERMENTO E MASSA FORMA A GRAÇA DA PÁSCOA

           GRAÇA SEMPRE É DOAÇÃO, BONDADE, BELEZA

           CONCEITOS OU PALAVRAS QUE SE TORNAM REALIDADE.

            VEJA: FERMENTO É FORÇA NATURAL QUE POTENCIALIZA O PÃO

             O PÃO É MASSA NO VIGOR DO ELEMENTO FERMENTO.

             O PÃO, MASSA SE TORNA SEMPRE TOTALIDADE NA SINGULARIDADE ,

              SINGULARIDADE DO FERMENTO.

               A PÁSCOA SOMENTE É GRAÇA NA MASSA VIVA DO POVO

               O FERMENTO DA POPULAÇÃO É A PESSOA ÚNICA.

               A PESSOA SINGULAR CONSTROI O POVO, A COMUNIDADE, A IGREJA.

               NA PÁSCOA RENASCE O POVO, A COMUNIDADE, A CIDADE.

               JESUS DE NAZARÉ JAMAIS FICOU NA SINGULARIDADE.

               ESTE É MEU SAMGUE DADO PARA TODOS EM ALIANZA

               PÁSCOA SEM O POVO LIVRE, DECIDIDO, PRODUTIVO, IRMANADO, FESTEJADO,

               IMPOSSÍVEL CANTAR - ALELUIA!!!

              

            

sábado, 9 de abril de 2011

ESTRELAS IGNORADAS

          No firmamento caótico da sociedade suja

          De repente despontam doze estrelas desconhecidas.

          Uma decena do jovens estudantes brilhando em casa

          Adolescentes sonhando o gozo dos bens amados e amadas.

          O espaço e o tempo infinito silêncio guarda

          Ante o suave perfume do buquê de rosas vermelhas trituradas.

          Estrelas até há pouco ignoradas apreendiam a luz na escola,

          Feita para que as estrelas do céu beijem a terra.

           A escola é lugar de luz, de brilho, de esperanças renovadas,

           Para semear flores do campo e adornar sempre a pura terra amada.

           Amados, adolescentes, vítimas da demencia social, agora sois tochas acesas.

           Com vocês vivo o banquete da vida que nunca se acaba,

           Como a luz das estrelas.

           " Se o grão de trigo não morrer a semente não surgira".

 

quarta-feira, 30 de março de 2011

A D A N Ç A D A S C R I A N Ç A S


          As crianças dançam, porque sentem a alegria da vida que ferve e se movimenta sempre neles.
          As crianças dançam, porque olham e sentem o entorno colorido, bom , belo, amável, amado.
          As crianças dançam movidas por sentimentos. Jamais movidas por imposições, normas, costumes.
           As crianças dançam livremente o momento da vida. A vida livre é movimento sem fim  e gostoso
como ser crianças.

terça-feira, 22 de março de 2011

A A C O L H I D A

O Cristo Redemptor do Corcovado se tornou um gesto universal da acolhida que a Bahia da Guanabara, oferta a cidade Maravilhosa do Rio de Janeiro e do Brasil inteiro para todos os felizardos que pisam e beijam
essa terra, também chamanda da Santa Cruz.São, sem dúvida, fatos históricos da chegada da cultura de Ocidente cristão e de uma visão de sociedade marcada e condicionada pelos interesses religiosos e políticos
que , através da história universal, sempre estiveram relacionados, senão confabulados. Dividir política e religião é o mesmo que dividir corpo e alma. Quando se separam é para fazer realidade aquele princípio maquavélico de " divide e vencerás.
Como explicar que esses sinais religiosos e uma sociedade tão injusta?
Nas imagens recentes da visita do Presidente Obama visitando o Cristo do Corcovado, esse aparece como a foto acima. Só e entre nuvens cinzentas e escuras que encobrem a beleza da cidade e do mar avberto ao mundo, símbolo desse país abençoado por Deus do Universo de de todos os tempos e épocas.
A história mostrou que a religiosidade do ocidente que veio a impor-se no continente americano veio juntamente com uma procura infernal do ouro e dos bens do continente que iniciaram a civilização do sistema capitalista , hoje dominado por EEUU-UE- e aliados que continuam invadindo países sob a ideologia de uma guerra justa. Quando foi que matar os outros se torna justo?
Será por acaso que o Cristo , na vinda do Obama e aliados aparecia dominando as alturas, porém encobrindo o continente?
Pensar faz bem a gente e a sociedade. Não tudo o que  brilha é oruro

OLHAR A LUZ










Buscamos a luz de modo perseverante. A luz do sol penetra por los cristales da casa
solariega. A energia solar se infiltra pela retina dos olhos ávidos das crianças,
do mirar inquietante da jovem mãe, da sábia contemplação do adulto.
A vida é uma bela quente relação de luz.
Os objetivos perfeitos da ciber
comunicam a realidade
familiar, social,
do amor, paixão e dor
Olhar aluz é nascer de novo
Sentir luz é viver.

  

segunda-feira, 14 de março de 2011

A MAMÃE TERRA ABORTA




A Natureza, minha mãe, acaba de abortar no norte do Japão que não está tão longe como parece. A relação mãe - filho sempre estão integrados.
   O bebe da foto ilustra a vida palpitante na mãe natureza. O bebe está bem, bon ito, sadío, potente em oportunidades de gozo. que desfruturá mais logo.
   Acaso ocorrerá como no Japão que será engulido pela própria mãe?
    Depende do como os japoneses e demais terrâqueos tratemos essa linda e sábia parte da nossa mãe.
     Ninguem se lembra de que há mais de 60 anos os mericanos lançaram sobre o ventre puro da natureza do Japão duas bombas nucleares.China, Índia,Rússia, etc. no fundo do mar e das entranhas da mãe terra testavam anos atrás bombas nucleares.Japão, América e Europa invadiram cidades com carros, movidos a sangue da mãe natureza, Os japoneses caçaram baleias por todos os mares, etc. A natureza quando é maltratada, como toda mãe, cala, sofre, espera novo comportamento dos filhos, mas a natureza quando aborta, como agora e tantas vezes é desolação, despero, morte e caos, atraso para todos.
     Quando será que os indivíduos aprenderão a ver e a tratar com delicadeza os belos filhos da mãe terra?
     Ainda no meio de taqnta desgraça e sofrimento os meios de informação massificam de inverdades sobre o desastre ecológico e apresentam pseudo-intelectuais para conversa pra boi dormir. Até agora ninguem se mostró sincero. As usinas nucleares foram fechadas varias vezes por apresentarem vazamentos alarmantes. O povo pedia o fechamento. Mas o governo que jamais escuta o povo preferiu ignorar e permanecer no erro que leva a morte.É isso o que chamam progresso. Desenvolvimento.?
  A criança da foto mostra a esperança que sempre permanece aos puros filhos da bondoso mãe terra, generosa com os filhos, mesmo nos abortivos.O sol nasce todos os dias e para todos. O sol é vida.

 

domingo, 13 de março de 2011

BEIJOS AO POVO












A palavra sempre engana. Nunca reflete o que o sujeito falante quer dizer. Veja o exemplo bem claro.
      A mulher dama conquista o cliente com essa frase: " vamos fazer amor?" É quase evidente que se trata de compra e venta. Puro negócio carnal.
  A palavra povo também engana muita gente. Os politiqueiros definem povo como a massa manipulada para dar o voto a tal político profissional. Povo é multidão. Mas essa multidão ´se forma atrraves da união do Zé, da Geralda, do Joaquim, da Cida,,,O povo como o mar ou a água do rio é composta de gotas singulares que unidas formam o conjunto fluvial que sustenta navios e arrebenta prédios.
    Quando encosto a boca e com lábios úmidos beijo a Raquel, ao Tião e estala aquele mutchx...tst...mu...são sonidos que falam de entrega, de doação, devoção, sentimento. Assim como os sons da música expressam sentimentos profundos , os sons dos beijos manifestam estrondos humanos quentes e prazerosos.
  Beijar o povo é beijar cada indivíduo que forma a população da comunidade em que estou inserido e comprometido.
  Atualmente beijo meu povo concreto, porque iniciou o despertar político. Os membros da população da cidade desejam fazer valer o voto que outorgam ao candidato para que trabalhe para ele.
   Todo poder vem do povo. O político governa em nome desse poder. Beijo o povo que individualmente exige decidir sobre o governo da cidade. Isso é comunhão humana e real. Isso, amigos, é ser político.
   Beijo os membros do povo que junto ao Beto e ao Raimundo, a Dilma, hoje presidenta dedidiram fazer
política para mudar o povo para o bem -estar real. Por isso beijomeu povo que sabe o que faz.

segunda-feira, 7 de março de 2011

O TELEFONEMA DA GRAÇA

         








                  


                        Amanhã, convencionaklmento é o Dia Internacional da Mulher.
            Para mim o dia internacional da mulher é todo dia, toda hora, todo minuto, todo segundo.
            Para João Evangelista, o autor do livro Apocalipsis, o livro que fecha o Novo Testamento
            a mulher está envolta pelo sol, sob os pés a lua, e doze estrelas coroam a cabeça.
            Convencionalmente, também de João a Jorge- eu- se passaram XXI séculos e agora mesmo
            uma mulher do bairro me acaba de telefonar. O filho de cinco anos está no posto médico do bairro.
            Será internado, porque a médica diagnostica uma peneumonia. A mulher , mãe de Pedro é uma
            jovem mãe de 26 anos. O marido trabalho de garinpeiro e somente aparece de tempo em tempo.
            Graça mora com o filho num barraco do bairro. Água, barro, umedade, poeira e bravo sol adornam
            o dia da mulher real do bairro real dessa cidade real.
                       A cidade vive o frenese dos dias de Carnaval 2011. Como é bom poder comer, beber,
            dançar, cantar, rir, brincar e se abraçar! 
                       Como seria ótimo que toda mulher irradiasse sol, calçasse a lua, e estrelas biejassem o rosto
           tão bonito, bondoso e oferecido como dom à vida.
                      Minha homenagem as mulheres que são sol, vida, e beleza; que sofrem abandonadas; que
           vivem oprimidas e esmagadas nas empresas; emganadas em promessas de fidelidade e amor eterno
           na hora do objeto desejado.
                      Graça, jovem mãe, seu telefonema fez-me valolizar o dia da mulher de sempre. O  
           telefonema de socorro me valorizou. Fui coberto da graça das graças por uma possibilidade
           de poder corresponder a tanta graça que a mulher me dá.
                     Graça, juntos à família, ao pé da cama do hospital, beberemos sua graça para seu filho brilhar.
                     Ah, Graça, a ONU e o sistema que mantem essa crueldade e divulgou o Dia Internacional
           Mulher nunca saberá do seu sofrimento para salvar o Pedro. Mas você é MULHER-MULHER-
           MULHER!!! PARABENS, AMIGA E VAMOS DEPRESSA.

quinta-feira, 3 de março de 2011

M A R Ç O, M U L H E R, M E R C A D O

As vivências desse mês de março mexem demais : carnaval, val, carna, carma.

Dia mundial da mulher. 8 de março, séculos passados na América do Norte tecelãs abriram peitos

Para reclamar o pesso de empresas americanas. Muitas morreram. As empresas

Continuam esmagando mulheres, mães, moças dignas que buscam trabalhar,

Mas batem com gerentes cooptados para barrar o direito declarado universal.

8 de março desse ano é Carnaval. Dia da mulher universal mostrar as formas da graça

Pela desgraça do consumo satírico da carne virtual que mais logo, ou entretanto é real

Cruel.

O Carnaval será, sem dúvida, a maior ópera espontânea da história. Carne natural

Cultura criativa, figurativa da sábia virtude da população vivida, que vive com,

Que está para si...

Mas ai, vêm o mercado americano, hoje mundializado e as graças das carnes das deusas

Do amor tornam mercadorias para desfrutes dos berlusconis da história real

Que ainda justificam os méritos da compra e venda do carna, carnaval,

O vendaval do dito mercado, senhor da vida e da morte, confirmado pela onda

Da revolução dos irmãos árabes que, desde que o mundo é mundo, repartem inventos,

Produtos exóticos, mulheres guardadas para função humana e humanitária

O desfile do carnaval, cane, val, progride nas avenidas, ruas e praças do planeta terra,

Terra-mãe. Mulher mãe. Mulher oferta. Mulher coragem. Mulher, cujo trabalho, como

Opção fatal será vender a beleza da carne viva, quente, genmerosa para os empresários

Do carnaval. Do trabalho imaterial.

Do teatro grego sem máscaras.

Hoje as pessoas estão sem cara, sem rosto.

Os que ainda temos cara vamos dar a cara para esse estado modificar.

Carne, sim, Carnaval, sim, mas liberdade sempre.

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

OPIMIÃO POPULAR

              Hoje, dia 28 de fevereiro, o mes que conta com menos dias vividos, aconteceram fatos que podem conter enorme sentido de vida desse pequeno-grande mes de história moderna.
      O colega Tarcisio me manda um texto em espanhol  e me solicita a tradução. Na hora oportuna realizo a versão que é tarefa mais difícil do que escrever originalmente um texto. Traduzir significa, literalmente entrar dentro do escritor e entender o pensamento do autor. Tarefa hercúlea mesmo.
      Mandei, feliz, a tarefa. Ai vem a cacetada técnica do bom amigo.
      - Professor, por favor, mande pelo o programa 2003 Windows.
      Revivendo o Quixote digo.- Puta, Sancho, com a igreja temos dado cabeçadas!
        Me disculpo da minha ignorância técnica com a atento amigo que me responde com um belo, prático, poético e útil texto de Afonso Romano, lido no Estado de Minas de dia 17, em que ele mesmo se declara cada vez mais analfabeto eletrônico.Essa ignorância não o deixa perplexo, antes o faz levantar o espírito de poeta e profetiza a grande verdade de existência humana que deve reviver na atualidade: - Velocidade não significa qualidade.
     Me lembro da fábula da lebre e a tartaruga. Correr não significa claramente chegar antes.
     A sabedoria está no equilibrio e o equilíbrio se mede na metade, onde está a virtude. e lembrem que virtude quer dizer potência..
     O texto traducido afirma que os resultados não significam sentido e carácter da vida.Para conseguir integrar resultados, sentido e carácter a onda revolucionária árabe, desse mes, indica a chave da vida.
    Dois fatos políticos também aconteceram , na cidade, neste breve mes. A PASSEATA 18f. e A AUDIÊNCIA PÚBLICA sobre o Projeto arquitetónico na fazenda Arizona.. Em ambos fatos percebeu-se a mobilização popular de Sete Lágoas esclarecida, porque, se toda a população de Sete Lagoas fosse esclarecida, o Auditório burgués da Unifemm seria micro para receber a população falante e declarante.,
       .

Um convite especial

facebook
Olá Jorge.solivellas.cemper,
Jorge Solivellas está convidando você para participar do Facebook. Uma vez que estiver participando, você poderá ver atualizações, fotos e muito mais de todos seus amigos... e compartilhar suas próprias!
Jorge Solivellas
Participe do Facebook
jorge.solivellas.cemper@blogger.com foi convidado a participar do Facebook por Jorge Solivellas. Se você não deseja receber estes e-mails do Facebook no futuro, você pode cancelar inscrição. Saiba mais sobre esse e-mail.
Facebook, Inc. P.O. Box 10005, Palo Alto, CA 94303

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

MOV- JORNAL VERDADE


M O V I M E N T O  V

                    Jornal verdade.

 Informação: fone 3773 5067. E-mail: jorge.solivellas@gmail.com

 

É verdade que houve a PASSEATA dia 18 de fevereiro, concentrada na Praça Tiradentes

É verdade que a Passeata atraiu a curiosidade e aplausos dos lojistas e clientes da Av. M. Messias e ruas adjacentes até a Praça da Prefeitura;

É verdade que uma banca da avenida insultou os pacíficos manifestantes de" bando de vagabundos"

É verdade que os 61 cidadãos ativos plantaram-se à frente da Prefeitura enviando recados que são verdades da população setelagoana oprimida;

É verdade que a imagem desse corpo feminino simboliza a coragem do medo da Passeata que reclama mudanças criativas na gerência política da cidade. Que dos homens?

 

                                            

                É verdade que a fraqueza unida da população  constrói, no sofrimento da luta, o prazer  de ver um governo exposto, dado até crucificado como o lindo corpo do gênero dito fraco.

É verdade que ao pé da cruz estava a mulher: Maria. É verdade que o movimento popular de 18 de fevereiro tinha mais mulheres que homens.

É verdade que a coragem não reside na força do corpo. Reside na força da mente.

É verdade que os homens que governam a cidade na Passeata estavam espiando escondidos.

É verdade que os homens que governam somente são fortes com as armas na mão dos outros que parecem homens.

É verdade que recebemos felicidades e ânimo de muitos setelagoanos que estavam trabalhando e por medo a serem despedidos e perseguidos não foram conosco.

É verdade que recebemos felicitações e apoios de pessoas de Europa

É verdade que na próxima sexta feira o movimento 18 de fevereiro se concentrará as 12, 15 na Praça Tiradentes esperando outros Tiradentes do século XXI que lutam e morrem para mudar a cidade, como morreu Raimundo Figueiredo, Joaquim, Regina, Laerte, na década do setenta.. E tantos outros jovens e mulheres que, como Dilma, hoje Presidente, não ficaram paradas vendo a banda passar.

É verdade que nos somos a banda da paz, da alegria, da dança da vida.

MOVIMENTO V . significa  vida, verdade, vigilância, voz, vocação, virtude, visão, virada.

Favor, divulgue esse jornal eletrônico e a concentração da sexta, 25 para organizar o movimento do 18 de fevereiro.

 

 

 

                                                                                                                             


--
 
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Visite o meu blog:  http://veredassl.blogspot.com/


T R A N S P A R Ê N C I A

                                                                                                                             Jorge Solivellas Perelló

                                                                                              Escritor e Professor-e-mail: jorge.solivellas@gmail.com

Honestidade

            Entre os politicólogos de plantão e pseudo- intelectuais cooptados pelos grupos dominantes das massas e, sobretudo, das sensíveis, moralistas e poderosas classes medias das sociedades pós-industriais  a palavra transparência forma o novo reclamo das lideranças, precisamente para contentar a população com frases de efeito sobre moralidade tão instalada na alma burguesa e, ausente, de vez  do meio social contemporâneo  

            O presente comentário sobre acontecimentos vivenciados nesta semana na cidade de Sete Lagoas - MG-, no bairro popular da Cidade Nova, lugar de aglomeração de moradores dos muitos grandes e recentes bairros circunvizinhos, desvela a existência e graça dessa harmoniosa palavra.

            Entrei na única casa lotérica que existe no bairro. Evidente que não era para jogar e investir em loterias, simplesmente, porque não acredito em jogos de azar. Fazia pagamentos corriqueiros. A caixa dos clientes preferenciais, surpreendentemente, ,estava fechada. As duas outras caixas que estavam funcionando tinham filas que chegavam ao passeio da esplêndida Avenida  Prefeito Alberto Moura. Estando a procura dum lugar entre os enfileirados, um deles bate às minhas costas e me dize: – A caixa de clientes preferenciais, momentaneamente, funciona no lado direito do corredor. Agradeci e fui para caixa que atendia os preferenciais. Era o terceiro cliente. Um jovem alto estava sendo atendido, depois vinha uma idosa magra, branca-rosa, rugosa, ativa. A funcionária que costuma atender a caixa dos clientes preferenciais voltou à caixa que estava fechada, a reabriu e bateu no vidro, chamando a senhora idosa que estava na minha frente, preparada para ser atendida. Ela virando o dedo em riste para a delicada funcionária comunica que não quer abandonar o lugar conquistado, pois já, já seria atendida. A boa funcionária lhe explica que ela será atendida imediatamente. A senhora emperrou. Não queria abandonar o lugar a que tinha direito. Aí eu com todo respeito e simpatia empurrei a senhora até a caixa, usada para uso prioritário. Ela v ira a cara pra mim e dize:  -  Obrigado, moço. Ai a funcionária, em vos alta e educada justifica aos clientes prioritários que tinha fechado momentaneamente a caixa, porque foi tomar um café e fazer pipi. Um senhor da fileira, em voz alta, responde: - É direito, senhora! Os presentes acharam a funcionária burocrata muito autêntica. A justificativa que dera era atípica, pois nas empresas e nas repartições públicas, em geral, as atitudes dos funcionários costumam ser típicas. Atitude típica no mercado de trabalho significa falsidade e descaso, O comportamento atípico comunica um comportamento em desuso. Quer dizer que o comportamento dito normal na sociedade mercantilista e, da mesma forma, na convivência social e familiar, os indivíduos foram condicionados a ser pouco autênticos, menos sinceros e quase nunca honestos, no sentido de serem honrados, dignos, decentes, íntegros, retos. Este comportamento sincero é raro na sociedade de consumo que construímos.

 

Aparências

            A funcionária da casa lotérica mostrou um comportamento de transparência, porque desvelou que os atos e necessidades naturais são dignos de serem manifestados, de modo natural, sempre que for necessário. Nada justifica a falsidade por realizar um ato natural. Tomar café e urinar são atos humanos muito naturais e dignos., como tudo o que é natural. No corpo humano e na natureza nada é falso, feio, imoral. Quem defende o contrário, com todo respeito, sem dúvida, tem outras intenções, ou é vítima, ainda, da filosofia maniqueísta, iniciada no século III , na Índia e estendida pelo ocidente de modo muito cruel, especialmente pelas religiões. Esta doutrina ensinava que o Universo fora criado e dominado por dois princípios antagônicos e irredutíveis: Deus ou o bem absoluto e o mal absoluto ou o Diabo, querendo simplificar, assim, a existência dos princípios opostos, bem e mal que tanto favorece os grupos dominantes do ocidente tradicional

            Recentemente, graças aos muitos fatos históricos e fenômenos físicos e psíquicos como movimento solar, a epilepsia e histeria que foram tidos como  fenômenos maléficos e contrários a religião, o constante avanço da ciência e tecnologia nas teorias recentes de físicos, e biogenéticos situou estes fatos, aparentemente diabólicos, no devido lugar de fatos humanos que mereciam tratamento humano diferenciado.

            Os grupos que defendem a existência natural do bem e do mal no mundo buscam justificar atos humanos incompreensíveis como guerras, escravidão do trabalho, doenças, invasões, fome, estupros, como fatos naturais inevitáveis. O fato estava numa visão distorcida das aparências que sempre enganam.

            Nosso João Guimarães Rosa nas suas obras permanentemente ensina que o mal e o diabo são os outros. O filósofo francês Sartre escrevia a frase, hoje, muito repetida, de que o inferno são os outros.

            Os papas de nosso tempo, João Paulo II, pouco antes de morrer mudou os conceitos de limbo, inferno e céu como situações de ânimo  que as pessoas podem sentir. E Bento XVI, há pouco mais de mês declarou que o purgatório não existe como lugar de espera e de tormento.    

            A simples e boa funcionária da casa loteria do bairro Cidade Nova com sua natural transparência ensinou o direito de dizer o que se pensa e o que se faz e que tudo o que é natural nunca pode ser um mal.

            Por que será que quando uma pessoa sincera fala palavrão os ouvintes morrem de rir?

            Ainda, por que será que quando os artistas fazem gestos tidos como obscenos a platéia também deita de gargalhas?

            Deve ser porque a multidão transfere para os artistas  e corajosos a vontade reprimida do ser sinceros como eles.

A autenticidade da burocrata da casa lotérica ensinou aos presentes o que é essa palavra transparência de que hoje tanto se manipula.

           

 

 

 


--
 
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Visite o meu blog:  http://veredassl.blogspot.com/

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

MOVIMENTO V

MOVIMENTO  V poderia ser o título do jornal do movimento que se iniciou dia 18 de fevereiro de 2011, em Sete Lagoas, Minas Gerais.
1 -Justificativa.
 
 V
 significa cinco--  Historicamente a comunidade de Sete Lagoas teve cinco movimentos sociais ao longo da evolução humana. O I movimento , era no tempo dos indíginas ou nativos, O II movimento foi o colonialismo. O III movimento foi o Império. O IV movimento foi a invasão industrial com a burguesia mundial mandando e cooptando os moradores dessa terra. O V movimento é o início de uma mudança que parte das bases populares e dos indivíduos e coletivos talentosos e amantes da cidade dos lagos e da convicção de que a história da comunjidade da cidade segue o movimento da vida.
 
2- V, além de cinco significa vida; voz; virtude, vitória; visão;vibração; violência; verdade; vertiguem; virada; vinho. Basta...!
 
3 - O jornal desse movimento espontâneo e vital terá o objetivo de manter viva a informação do movimento e , sobretudo, veredadeira, pois haverá, como de fato, já houve, os que darão notícias infundadas para confundir os corajosos.
 
4- O nome do jornal importa muito, pois o nome define o ser real.
 
5- Ssugiro que a reunião de sexta feira se voto um nome legalentre os presentes a 2ª Passeata.
 
Pensem i digulguem a sugestão e enquanto isso eu e meus colegas vamos mandar o jornal do movimento com o nome MOVIMENTO V. para os e-mails disponíveis dando idéias do movimento.
 
Jorge.
 
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Visite o meu blog:  http://veredassl.blogspot.com/

sábado, 19 de fevereiro de 2011

SENTI LUZ E COR

 
--
                Eu vi luz, cor e esperança na praça Tiradentes.
 
                Da cidade amada da patria idolatrada dos Gerais.
 
                Vi crianças, jovens, homens, idosos sorridentes
 
                Carregando o fardo do passado e presente rivais
 
                Sábios que garantiam tempos deferentes.
 
 
               Das ruas afluentes acudiam a práça central,
 
 
 
              
 
 
 
 
 
                
 
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Visite o meu blog:  http://veredassl.blogspot.com/
 

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

P O LÍ T I C A, C O I S A S É R I A

A seriedade da política está no bem atender as necessidades e desejos da população que sustenta os governos na função do poder . Jamais está na seriedade das caras que aparecem na foto  acima, pois as aparências enganam.
Em política a população quer ver caras alegres, vivas, autênticas, abertas, beijáveis, confiáveis e trabalhistas a diário, como o povo faz quotidianamente.
A seriedade está em ser pessoa idêntica a si mesma, conforme se pensa na mente que sempre cria. Esta autenticidade será aquilo que os politiqueiros de profissão querem chamar de ética e transparência. Como eles não tem espelho que fale as caras poilticamente apagadas deles , falam sempre de transparência e ética. Mas esses estados morais são algo que se percebe a primeira vista, por isso nem se necessita falar tanto.
Quem sabe faz na hora não espera acontecer, como disse o poeta popular Vandré.
 

 

 

                                                                                        


--
 
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Visite o meu blog:  http://veredassl.blogspot.com/

P A R T I D O D A S B A S E S



Solamente pode construir-se de nforma firme um partido político que se origina nas bases;

Qué significa sair vir das bases?

Incorporar indivíduos , cidadãos que vivem uma vida concreta, real de gente que é autônoma, independente, que pensa por si mesmo e age conforme suas próprias idéias que são desejos e interesses nobres e relacionados aos semelhantes.

Esta construção de grupo unido se verá hoje na PASSEATA NA FRENTE DA CATEDRAL DE SETE LAGOAS.
Ontem percebemos um sinal dessa construção quando o PT de Sete Lagoas se colocou de lado do clamor dos movimentos populares ativos e criativos.
Pouco interessa a quantidade. O que vale é a qualidade das pessoas.
Foram poucos os jovens que sairam de Sete Lagoas de movimentos políticos de igreja e foram lutar com os meios que o ambiente hostil oferecia, na década dos sessenta, entre eles estava o ex-seminarista , ex bancário, e lider juvenil Raimundo Figueiredo.. È por ele e os outros jovens que morreram assasinados pela tirania em 1971 que estarei presente na  PASSEATA  de hoje. Raimundo e todos meus discípulos, ainda que eram poucos hoje pode sentir o movimento social que surge do sangue derramado desses irmãos que amam o Brasil e o Brasil ama a eles.É o sangue derramado para a vida de todos...
Vamos lá todos os que cremos na vida feliz aquí , na cidade.. Pouco importa quando, mas sabemos que mudará.
Unidos na fraqueza formamos o arco que sustenta a paz..

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

JOGO LIMPO

Dia 14 de fevereiro escrevi e mandei para todos os amigos e conhecidos o texto com o título Jogo Limpo.

Desde o ano 2004 participo ativamente do Grupo de Estudos de Pastorais da Diocese de Sete Lagoas- o GIESPS.
Se trata de um conjunto de cidadãos leigos e alguns clérigos e pastores. O objetivo do grupo é pesquisar a situação sócio-política que aparece no meio ambiente que nos define tremendamente.
Durante seis anos o GIESPS. publicou folhetos sobre variantes pastorais, sobre orientação política aos fiéis para saberem livremente decidir sobre o governo da cidade, mediante o atual regime democrático que parece o mais factível de ser solidário com os moradores dessa cidade , região e nação.
Seguindo a orientação dos senhores bispos de Minas e Espírito Santo em carta datada em 5 de junho de 2008, o Grupo publicou duas cartas abertas a população e lidas nas igrejas nas missas dos domingos antes das eleições de 2008. A população votou no atual ocupante do governo, mas já em abril de 2009 o grupo escreveu e publicou nova carta aberta domonstrando inquietação ante os rumos atávicos que seguia o governo, recem executivo.
Atualmente esse grupo criou o Grupo Interdisciplinar de Estudos Socio Políticos em que participam mais leigos e que tenta busczr uma atuação mais concreta e comprometida.
Foi pelos membros do grupo que entramos no movimento da PASSEATA DO DIA 18 DE FEVEREIRO, AS 12, 15 , NA PRAÇA DA CATEDRAL.
O objetivo dos movimentos que, espontaneamente, se juntam e engajam, tratam de colaborar para mudar uma política familiar atávica que levou a cidade a uma situação arcaica-moderna que a sofoc e sucataa.
Os partidos políticos somente se dedicam a subir individualamente e socialmente. Na prática nos 48 anos qyue levo em Sete Lagoas nunca percebi um partido político que saisse das bases populares e governasse decidindo pelos interesses e necessidades da população. Sem partidos de base não existe política. Sem política não existe governo. Existe autocracia.
A PASSEATA DO DIA 18  pretende iniciar uma mudança para tentar ainda salvar a região tão bela, rica, e acolhedora.
A PASSEATA não se dirige contra pessoas que seguramente são vítimas do esquema antiquado. Mudar somente pessoas do governo não significa mudar a política parcial.
A PASSEATA pretenta mudar o jeito de fazer política. Trata de que a população que sustenta os governos note que é a mesma população que governa pelos representantes legítimos e legais.
Quem não chora não mama. A população está cansada de chorar. Agora precisa mamar leite natural para sobreviver e crescer feliz juntamente com todos.

Vamos todos a PASSEATA DO DIA 18 DE FEVEREIRO DE 2011. Pelo menos tentamos e mostramos que estamos comprometidos com a cidade que amamos e nos ama.
Jorge.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

ONDA DE MUDANÇA

Hoje recebi uma mensagem dum casal amigo. O conteúdo da mensagem do casal amigo foi surpresa. O preconceito  é uma trava na vida da gente. Oh do!
O casal Lia e Carlos, cidadãos comprometidos e crentes na ação humana iniciam uma campanha a base de etiquetas nos carros em protesto contra a adm inistração municipal atual, pois as outras, felizmente, por em quanto estão na sobra da conspiração. O importante é manifestar, de todas as maneiras, que os maradores da cidade e região tem o dever de manifestar o descontentamento sobre a atividade egoista que os políticos funcionais de hoje tratam os bens humanos da cidade.
Lia e Carlos, amigos, vamos nos unir e etiquetar até bicicletas e carroças a fim de que a população externalize a indignação ante o tratamento dos cidadãos em todas as áreas da administração.
Vamos inundar de etiquetas e de mensagens que apelam a mudança já. Além de outras atividades.
Não podemos esquece jamais que agora os politiqueiros de partidos de aluguel e fantasia já, como urubus na carniça, estão tentando conquistar a massa desprevenida para conseguir mais 4 anos de poder para roubar a vontade e ainda com o amparo das instituições que seriam para defender o povo, mas que se ofuscam ante os sobornos dos poderosos.
Nos unidos como disse Paulo apóstolo " unidos na fraqueza somos uma ponte indestrutível/'
Estamos unidos na nossa fraqueza que se tornará uma ponte por onde passarão as mudanças de fato.
Abraços e vamos depressa.Estamos na onda de mudanças.